segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Águia - Metzler & Ortoff (Alemanha)




Peça escultórica, de porcelana moldada, representando uma ave de rapina diurna, talvez uma águia, sobre um rochedo, toda branca com detalhes a ouro e preto, nas asas, patas, olhos e bico. Na base, carimbo verde circular com OM sobrepostos e coroados,  sobrepujando Kunstporzellane - Metzler & Ortloff  e, inscrito na pasta, o número 4268.
Data: c. 1930
Dimensões: alt. 27 cm x larg. 28 cm

O naturalismo da escultura, que prima pela qualidade e detalhe, é contrariado por uma certa simplificação da forma, acentuada pela pintura a preto e ouro que pontua a peça, assim como pelo esquematismo geometrizante do rochedo, remetendo para o universo art déco, características muito evidentes na escultura animalística, e não só, da produção de porcelana alemã, anterior à II Guerra Mundial, como teremos ocasião de mostrar.

Embora a história desta fábrica em Ilmenau remonte a dez anos antes, só em 1873, quando Adolf Höhn faz sociedade com os irmãos Rudolf e Robert Metzler, a fábrica de porcelana, agora chamada 'Höhn & Metzler' ganha consistência. Após a sua aposentação, em 1875, entra na firma um novo sócio, Hugo Ortloff, pelo que a empresa adquire a denominação Metzler & Ortloff.

Hugo Ortloff, júnior, filho de um dos sócios, entra em 1900 para a direcção da fábrica depois de completar os seus estudos em química e história da arte, alargando a produção à porcelana de arte, dando-lhe um novo impulso na década de 20.

Para a empresa trabalharam grandes escultores e designers, como, por exemplo, Paul Wynand, Gustav Oppel ou Walter Bosse, e o especialista para a escultura de animais Paul Zeiler - provável autor desta peça - que lhe granjearam fama na Alemanha e no estrangeiro. A empresa encerrou portas em 1975.

2 comentários:

Gui disse...

Segundo informação recente sobre esta marca, tenho 3 peças Metzler & Ortloff, de cerca de 1940.
O meu avô abriu uma fábrica em Coimbra, chamada Moderna Industrial Decorativa Limitada, que fazia reproduções de estatuetas e se dedicava a artes decorativas.
A Fábrica fechou em 1944/45.
AMCaetano

AM-JMV disse...

Obrigado pela informação.